Loading...

1982: 25 - Roberto Moreno

Nigel Mansell tinha-se lesionado no pescoço alguns dias antes e não estava totalmente recuperado para esta corrida. Assim sendo, Colin Chapman decidiu recorrer ao piloto de testes, o brasileiro Roberto Moreno, para o substituir nesta corrida. Aos 23 anos de idade, Moreno chegara a aquele local recomendado pelo seu amigo Nelson Piquet, onde ajudou a desenvolver os carros da marca.

Aterrando no carro numero 12 naquele fim de semana de Zandvoort, Moreno estranhou tudo: a pista e o carro. Não teve muito tempo para se adaptar, e era muito mais lento do que a concorrência. O resultado não foi o que queria: não se qualificou, fazendo o pior tempo e fazendo companhia a Teo Fabi (Toleman), Roberto Guerrero (Ensign) e o americano Eddie Cheever (Ligier). Tanto que em França, algumas semanas depois, quem ficou no carro de Mansell foi o britânico Geoff Lees.

Moreno acabou por mostrar que era demasiado "verde" para enfrentar um fim de semana de Formula 1, e ele mesmo admitiu, anos depois, que tinha sido uma jogada prematura. E isso o prejudicou na sua carreira, pois apenas teria de novo uma chance cinco anos mais tarde, quando a AGS lhe pediu para correr num dos seus carros. Contudo, foi aqui que nasceu a lenda do "Super Sub", o piloto que corria em substituição de outro lesionado...

Loading...
Loading...
0
Loading...