Loading...

1982: 26 - O susto de René Arnoux

Não era anormal ver pilotos a despistarem-se em sitios como a Tarzanbocht, a primeira curva do circuito, que acontecia depois de acelerarem por mais de um quilómetro. Os travões poderiam falhar e a barreira de pneus nem sempre era suficiente para parar os carros de entrarem dentro das bancadas.

O Renault de René Arnoux era suficientemente veloz ao longo do fim de semana. Tinha feito a pole-position, mas perdera a primeira posição para Prost. Depois, foi passado por Pironi, e após isso, assediado - e ultrapassado - por Piquet.

Contudo, na volta 21, quando o francês seguia na quarta posição, ele perde a roda frente-esquerda e acaba na barreira de pneus, com a sua roda a ganhar vida e a chegar-se bem perto dos fotógrafos, bombeiros e alguns espectadores. Felizmente, daquele aparato nada acontece de grave, e mais uma vez, os Renault acabam a ver a corrida como espectadores, pois pouco depois, o carro de Alain Prost acaba por encostar à boxe e não sair mais dali.

No final, é Didier Pironi o grande vencedor do final de semana holandês, na frente de Piquet e do Williams de Keke Rosberg.

New Love food? Try foodtribe.
Loading...
Loading...
0
Loading...