Algo bem curioso é o nome do carro, ele não era para se chamar MiTo, exatamente como está escrito e explicarei o por quê depois, antes de ser lançado o nome dado era 'Junior', porém como uma jogada de marketing a Alfa resolveu fazer uma votação em cada país europeu, o nome vencedor fora 'Furiosa' em grande parte dos países, porém prestes a lançar o modelo a Alfa resolveu mais uma vez mudar o nome de vez, MiTo, esse era o nome escolhido. MiTo nada mais é que as iniciais de Milano, onde o carro fora desenhado e Torino, onde fora produzido.

Este pequeno carro recebeu mais de 60 versões diferentes, ou seja, é impossível falar sobre cada uma especificamente. O Alfa MiTo surgiu em 2008 no British Motor Show, criado para brigar com modelos de hatches compactos, como MINI Cooper e Suzuki Swift, ele é um hatch 2 portas e 4 assentos, tração dianteira, fwd.

​No geral ele era um veículo de baixo peso, cerca de 1220kg, e que na maioria das vezes mantinha uma relação de peso vs potência 7,2kg/hp. Sua potência com gasolina, que por sinal eram 39 versões, variava de 69hp até os 170hp. Já com diesel, e suas 22 versões, tinham 80hp até 120hp. O MiTo contava com três tipos de câmbio, 2 manuais com 5 ou 6 velocidades e um automático de dupla embreagem de 6 velocidades.

Além de uma versão equipada com gás de petróleo liquefeito, GPL, diferente do GNV, gás natural veicular. O motor era um 1.4 turbo e rendia até 120hp e 20kgfm de torque. Essa versão tinha uma autonomia declarada de aproximadamente 1200km. Será que era econômico?

O Alfa MiTo na sua versão mais potente com gasolina, chamada MiTo Quadrifoglio Verde, sua motorização era 1.4 turbo, motor dianteiro, 170hp e 25kgfm de torque. Tração dianteira, fwd e câmbio manual de 6 velocidades. Tinha um zero-100 em incríveis 7,5s e velocidade máxima de 219km/h. Sua suspensão era regulável, independente na dianteira e eixo de torção na traseira. Essas características me lembram algo que temos no Brasil, o Fiat 500 Abarth.

Todo post sobre algum Alfa falarei a mesma coisa, uma pena a marca não estar mais no Brasil. Modelos tão interessantes como o próprio MiTo, Giulia, Stelvio.... Quem sabe um dia a marca do cuore sportivo não volta a brilhar no Brasil?! Torcemos para que sim. Já conhecia o MiTo? Se não, gostou de saber? Diga nos comentários.

New Love food? Try foodtribe.

Join in

Loading...
Comments (1)
    Loading...
Loading...
Loading...
Loading...
1
Loading...